domingo, 24 de maio de 2009

Pro meu lolito

Vi como você e seus amigos ficaram me olhando, quando passei pra ir pro show do Jota Quest. Não podia te levar. Se pudesse, levaria. É só você ter a coragem de decidir. Fica triste não, você ainda mora no meu coração. À propósito, o carinha que tava comigo, é o meu sobrinho, tá? Lembra do poema que fiz pra você. Tudo continua como antes.

Nenhum comentário: