segunda-feira, 31 de agosto de 2009

FORA DO GANCHO

Li uma vez uma entrevista com o Gianechini (coisa linda!) que ele tinha o hábito de chegar em casa e tirar os telefones do gancho. Pois bem, passei a fazer isso à noite e gente... É ótimo! Passei a dormir feito um bebê, agarradinha com meu filhote. Já perdi a hora umas três vezes, mas tá bom demais. Fica um silêncio. Já virou hábito. Aos mais chegados, aviso para entrar em contato pelo telefone vermelho, aquele que só os mais íntimos sabem. Boa noite!!!

Nenhum comentário: