domingo, 13 de setembro de 2009

MSNEANDO COM GERSON

No ano passado, eu e Gerson começamos uma partida de xadrez. Estávamos no Hospital dos Servidores do Estado aguardando a cirurgia de retirada da vesícula. Toda noite a gente jogava. Das quatro partidas eu venci três. A quarta partida foi no dia que a Vó Amélia foi pro céu. Eu tava desconcentrada, pra baixo... A partida tava quase perdida, mas de repente, eu consegui empatar as coisas. A partida está em aberto até hoje. O Rei dele e dois Peões contra o meu Rei e dois Peões, mas a vantagem é dele, admito. Mas ele não vai levar. Dou, no máximo, o empate. Sou a Rainha, filho. Ainda vamos terminar essa partida aqui em Marambaia, no Rio ou em Friburgo. Aonde vai ser, Gerson? Tá chegando a hora. Qual vai ser o prêmo? Eu já sei o que eu quero. huahuahuahuahuaaaaa

Nenhum comentário: