quarta-feira, 16 de junho de 2010

VISITA AO MUSEU DO ÍNDIO - RJ - PARTE 1

Estes são representantes da Tribo Fulni-ô, de Pernambuco. Txalê, o da esquerda, cujo significado do nome é Mar, e Xmayakaká, cujo nome quer dizer Vento Bom em apresentação de uma pequena parte da verdadeira cultura indígena no Museu do Índio. Me esclareceram que o idioma deles é o Yathe e que muito do que nos foi passado pelo homem branco sobre os povos indígenas é inverdade. Foi muito instrutivo conversar com eles. Reparem nos detalhes dos colares, da pintura e dos cocares.


Leninha, Lidom e Bárbara assistindo aos vídeos da primeira parte da exposição.







Detalhes do artesanato indígena.

Euzinha e minha quase inseparável jaqueta de couro + a minha inseparável mochila.

Ao fundo, ao alto, a bela vista do Cristo Redentor, que se escondeu por um momento...

... Para mostrar-se no momento seguinte.



Euzinha, Lidom e Bárbara sob a reprodução do céu de uma aldeia indígena.
 

Como são muitas fotos, achei por bem dividir a visita ao Museu do Índio em duas partes e aqui se encerra a primeira parte. É um passeio inesquecível que vale à pena para crianças, jovens e adultos. Para mim, foi inesquecível.

Nenhum comentário: