quarta-feira, 14 de julho de 2010

OS BELOS DA COPA

Diego Forlán, 31 anos, jogador do Atlético de Madri, arrebentou na Copa com sua beleza, carisma e muito futebol. Tanto que foi eleito o melhor da Copa. Me apaixonei. Ele é tudo de bom. Os olhos celestiais do camisa 10 da Celeste Olímpica inspiraram-me as mais endiabradas fantasias. AAAAhhh! Forlán...



Que barriguinha... Ainda mais com aquela tiara. Ai, homem de tiara me dá um tesão. Depende do homem, é claro.



David James. Calamity para alguns, 39 anos, não é um dos melhores do mundo, mas eu adoraria ser a jabulani entre as mãos dele. Defendeu a Inglaterra e por mim podia ser qualquer outra seleção. Minha avó diria que é um pedaço de mau caminho. Com 1,96 m eu digo que ele é o mau caminho inteiro e ainda sobra. Que coxas! Que bunda! God save David James! E a mim também...

  

Rafa Marquez defendeu a seleção mexicana na Copa. Quando o vi pela primeira vez, babei. Sei que odeio futebol, mas como resistir se só tinha homem no campo? Meu filho disse até que eu estava meio tarada quando eu suspirava por um deles. Pelo Rafa, então, suspirei muuuuuuiiiiito.



Que Larissa Riquelme que nada! O negócio é Roque Santa Cruz. Que gracinha, mamãe! Passei a ser paraguaia desde criancinha.



Nesta Copa eu entendi o porquê da expressão Deus Grego. Assim é Giorgios Samaras, da seleção grega. Foi uma pena ele ter ido embora logo na primeira fase. Ele é lindo demais.


O goleirão Iker Casillas, campeão do mundo, romântico e apaixonado. Muito gato! E tem pegada. Literalmente...


O físico de Didier Drogba chamou a atenção, principalmente a região entre a Costa do Marfin e a África do Sul, bem ao sul. Bela paisagem.

Nenhum comentário: