quarta-feira, 25 de agosto de 2010

MAIS UM SONHO DE INFÂNCIA REALIZADO



















A chegada ao Anhembi. Nunca tinha pisado lá. Da outra vez que fui a São Paulo, circulei por três cidades diferentes e conheci pouca coisa. Na próxima, eu conheço mais.














Eu e meu filhote que faz careta. Ainda não foi desta vez que realizei o sonho dele de viajar de avião, mas da próxima eu me organizo com antecedência. O importante é que ele foi comigo e gostou muito. Curtimos demais.














Claudete, fiel escudeira, sempre pronta a comprar minhas brigas e apostar nos meus sonhos. Me sinto muito segura com ela por perto. E lá estava eu realizando o sonho de ir a uma Bienal. Metida que sou, quis ir logo na maior do país. Se Deus não me levar logo, eu não vou parar de aprontar.














Eu estava quase morrendo de frio. Mesmo com uma blusa bem quente e a jaqueta de couro, eu tava me sentindo congelada. Congelada, mas feliz. E foi tudo muito fácil, tinha até transporte gratuito do Metrô direto pra Bienal. Tudo muito organizado.


















Essa foi a emoção maior. Não pelo fato de entrarmos na Bienal sem pagar nada. Foi o fato de realizar um outro sonho antigo, muito antigo. Esse foi o meu crachá de Autora. Eu e Dete vibramos ao ver toda aquela estrutura e o nosso dedinho contribuindo pra aquilo tudo. É bom demais. Dete foi como profissional de educação que é e o meu filho não pagou por ser menor de 12 anos. Mais uma vez tudo muito organizado e contando com a boa vontade do povo paulista, nota dez em atendimento.

Nenhum comentário: