sábado, 23 de outubro de 2010

AS MELHORES IMAGENS DO TELESCÓPIO HUBBLE - PARTE 1

Recebi essa mensagem do Deco, meu primo. Ele tem se superado nas mensagens. Nooossa! É cada uma melhor que a outra e eu não estou dando conta de postar tudo, mas essa é fantástica, ainda mais para mim que sou mais do ar do que da água e com cinco anos queria ser astronauta. A mensagem é imensa e toda ela vale a pena. Além de ser muito informativa, servindo até como fonte de pesquisa, as imagens são lindas. Quem quiser a mensagem na íntegra, basta postar um comentário com o e-mail ou me enviar uma mensagem que eu envio porque é imperdível. Meu filho ficou encantado e eu também. Valeu Deco. A seguir, a mensagem:

Você tem problemas?
Pensar fora do óbvio e colocar as coisas em perspectiva pode ajudar.
Aqui está um pouco de astronomia para ajudá-lo a colocar isto  em   perspectiva.

O telescópio Hubble está localizado fora da nossa atmosfera e  orbita em torno da Terra a 593 km acima do nível do mar, com um período orbital de cerca de 96-97 minutos a uma velocidade de 28.000 km / h.
Seu nome é em homenagem ao astrônomo Edwin Hubble, foi colocado em órbita em 24 de abril de 1990. Ele pesa cerca de 11000 kg tem forma cilíndrica com um comprimento de 13,2 metros e um diâmetro de 4,2 m. Este telescópio pode obter imagens do cosmos em um arco de resolução de 0,1 segundo.


O Telescópío Hubble

A Estação Espacial Internacional

A vista de dentro da Estação Espacial

O Hubble de outro ângulo.

Esta é a Galáxia Sombrero, também chamada M104 no catálogo Messier e sua distância é de 28 milhões de anos-luz. Esta é considerada uma das melhores fotos que o Hubble tirou.

Aqui nós temos a Nebulosa Formiga, assim chamada por causa de sua forma, localização: 3.000 e 6.000 anos-luz.

 Aqui está a Nebulosa Esquimó, a 5000 anos-luz.

 Quinto lugar, a Nebulosa Ampulheta localizado a 8.000 anos luz.
É o resultado da explosão de uma estrela.

Em sexto lugar, temos uma parte da Nebulosa do Cone, a 2,5 anos-luz.

Na sétima posição, encontramos uma parte da Nebulosa do Cisne, localizada a 5.500 anos luz, descrita como um oceano de hidrogênio com pequenas quantidades de oxigênio, enxofre e outros elementos.

Em 8 º lugar, esta bela imagem chamada de "Noite estrelada".
É conhecida também como, Eco de Luz.

Em nono lugar, duas galáxias que se fundem, NGC 2207 e IC 2163 localizadas a 114 milhões de anos-luz.

Décimo lugar, um fragmento da Nebulosa Trífida com muitas estrelas, a 9000 anos-luz.

Voyager 1

Planeta Dwarft en 2003 UB 313 (Eris)

Cometa HALLEY 

 M16: Nebulosa da Águia

M57: Nebulosa Anel

Nebulosa RCW 79

NGC 2237: Nebulosa Rosette

M42: Nebulosa Orion

Proto-estrela

Via Láctea

Buraco negro

NGC 4414








Nenhum comentário: