quinta-feira, 24 de março de 2011

OFICINA DE ILUMINAÇÃO CINEMATOGRÁFICA GRÁTIS


SEMINÁRIO POR UM TRANSPORTE DE QUALIDADE


C O N V I T E
 
SEMINÁRIO: POR UM TRANSPORTE DE QUALIDADE
Venha participar do I SEMINÁRIO DE TRANSPORTES DA CAPELA DO SOCORRO, onde debateremos políticas públicas para o transporte público na região e  solução definitiva para o trânsito caótico na Av. Belmira Marin.
 
DIA :- 26 DE MARÇO DE 2011
HORÁRIO: 9:00 HS / 13:30 HS.
LOCAL: Rua Adélia Silva Mendes nº.706– Parque Cocaia - ao lado da Escola Irmã Charlita
 
Debatedores:
 1.     Marcos Kyoto – Arquiteto e consultor da TC Urbes na área de transportes de alta capacidade.
2.     Alfredo Alves Cavalcante – vereador
3.     Jamil Murad – vereador
4.     Manuel Xavier Lemos Filho – diretor da Federação Nacional dos Metroviários (FENAMETRO).- a confirmar
5.     Marco Nordi – representando o GT Mobilidade Urbana da Rede Nossa São Paulo
6.     Waldir Ferreira – Subprefeito da Capela do Socorro – a confirmar
 
9:00 hs – Recepção – café da manhã
9:30 hs – inicio do seminário – Coordenador dos trabalhos
9:45 hs -  palavra aberta aos debatedores – 15 min.
11:15 hs – palavra aberta ao público
12:00 hs – respostas da mesa e considerações finais
12:45 hs – Encaminhamentos / Encerramento
 

Ver mais detalhes e RSVP em Dia Mundial Sem Carro:
http://diamundialsemcarro.ning.com/events/event/show?id=3845148%3AEvent%3A14742&xgi=56GJPNwYVzpi2H&xg_source=msg_invite_event
Sobre Dia Mundial Sem Carro
Marco importante para levar a sociedade a refletir sobre as soluções para melhorar a qualidade de vida nas cidades.
Dia Mundial Sem Carro627 membros 
381 fotos 
77 videos
100 tópicos
116 eventos
248 postagens no blog

INAUGURAÇÃO DA EXPOSIÇÃO COR DE ROSA CHOQUE


PALESTRA COM STELLA LEONARDOS


PALESTRA DE STELLA LEONARDOS
UFF - Sala 218 C - Instituto de Letras
Dia 30/04/2011 - 16 horas

 
O título da palestra é: Do Romanceiro.

quarta-feira, 23 de março de 2011

EU SOU ASSIM

A verdade
É que não consigo
Me prender por muito tempo.
Quero o sentimento
Mas não o compromisso.
Gostar,
Ficar,
Sem hora marcada
Ou lugar.
Eu sou assim.
Preciso ser livre
E quando o vento chama
É hora de partir,
Não dá pra ficar.
Há um mundo a descobrir...
Muitas bocas pra beijar
Outros corpos pra sentir.
Eu sou assim.
Preciso da minha solidão,
Do meu espaço,
Da minha essência.
E você,
No arquivo das lembranças
Do meu coração,
Ficará guardado
Para sempre.
É pena,
Mas,
Eu sou assim.

por Lucia Andrade

terça-feira, 8 de março de 2011

O Saber Feminino

“Eu sou aquela mulher que fez a escalada da montanha da vida removendo pedras e plantando flores”.
Cora Coralina, poetisa


“Aprendi com as primaveras a me deixar cortar e voltar inteira”.

Cecília Meireles, poetisa

“Amor é como mercúrio na mão. Deixe a mão aberta e ele permanecerá; agarre-o firme e ele escapará”.
Dorothy Parker, escritora

“O fanático é um homem com os dois pés plantados firmemente nas nuvens.”
Eleanor Roosevelt

“Não tenho tempo de desfraldar outra bandeira que não seja a da compreensão, do encontro e do entendimento entre as pessoas”.
Elis Regina, cantora

“Ri alegremente e o mundo rirá contigo; chora e chorarás sozinho. Esta velha e boa Terra precisa pedir emprestada qualquer alegria, porquanto já tem aborrecimentos de sobra.”
Ella Wilcox, poetisa

“Dai-me, Senhor, a perseverança das ondas do mar, que fazem de cada recuo um ponto de partida para um novo avanço”.
Gabriela Mistral, poetisa

“Quem não sabe chorar de todo o coração também não sabe rir”.
Golda Meir, estadista

“Quando uma porta da felicidade se fecha, outra se abre. Muitas vezes ficamos tanto tempo olhando para a porta fechada que não vemos a que se abriu.”
Helen Keller, cega, surda e muda desde bebê, Helen tornou-se educadora, escritora e advogada. Revelou uma incrível capacidade de superação e notável inteligência.

“Há dois tipos de pessoas: as que fazem as coisas e as que ficam com os louros. Procure ficar no primeiro grupo: há menos competição lá”.
Indira Gandhi, estadista

“Você não pode escolher como vai morrer ou quando. Você só pode decidir como viver para que não tenha sido em vão.”
Joan Baez, cantora

“Amor não tem nada a ver com o que esperas conseguir, apenas com o que esperas dar; quer dizer, tudo.”
Katharine Hepburn

“Não devemos permitir que alguém se afaste de nós sem sentir-se melhor e mais feliz.”
Madre Teresa de Calcutá

“Quando nada é certo, tudo é possível”.
Margareth Drabble, escritora

“Nada na vida deve ser temido, somente compreendido. Agora é hora de compreender mais para temer menos”.
Marie Curie, física

“Vamos! Corra a fazer alguma obra de caridade!”
Santa Terezinha, quando notava tristeza  nalgum semelhante

“O futuro não nos traz nem nos dá nada. Nós é que, para construí-lo, devemos dar-lhe tudo”.
Simone Weil, filósofa e ativista

“Quando precisar que algo seja dito, chame um homem. Quando quiser que algo seja feito, chame uma mulher.”
Margareth Thatcher, estadista

FELIZ DIA INTERNACIONAL DA MULHER! 





segunda-feira, 7 de março de 2011

Você é feliz?


Ser lindo é ser feliz.
Se tem rugas,
Não importa.
Se tem alguns quilos a mais,
Ou a menos,
Também não importa.
Se a cor do cabelo é preta,
Vermelha ou roxa,
Ou branca,
Que importância tem?
É feliz?
Isso é importante.
Porque a felicidade é bela.
Tudo é belo,
Quando se é feliz.
Quem precisa de beleza?
Felicidade é do que precisamos.
Quando felizes,
Somos belos,
Só isso.

Parte integrante do livro PALAVRAS AO VENTO
Biblioteca Nacional 461.076 Livro 867 Folha 274

Cristalina

Para todos aqueles que sabem o que é a dor de uma crise álgica severa da Anemia Falciforme.

Choro novamente.
Meu corpo dói,
Dilacerado,
Latejante,
Então,
Suplicante,
Peço por você,
Cristalino alcalóide do ópio.
Ópio...
Morfina,
Quente,
Sedativa,
Alienante,
Anestésica,
Mágica,
Em mim,
Mais uma vez.
Ou você,
Ou a dor.
Após muitas horas de duelo,
Você acaba vencendo.
Mas seu preço é alto.
É o preço da derrota,
Da impotência...
Mesmo assim,
Morrerei desejando teu calor
Em minhas veias,
Clamando por você,
De joelhos,
Se preciso for.

Parte integrante do livro PALAVRAS AO VENTO
Biblioteca Nacional 461.076 Livro 867 Folha 274

Menino sonhador

De repente
O rosto fechado,
Sisudo,
Se ilumina.
Surge o sorriso
Lindo
De menino feliz.
E os olhos brilham
E a paz se faz.
Tempestade
Virando calmaria.
Coração ainda cheio
De esperança,
Sonhador.
Por breves instantes
Esquece a dor
Que com o tempo,
Ficará para trás
No passado.
E o presente passou
O futuro chegou
E o menino sorri...

por Lucia Andrade

Não dói

Extraia a pedra
Do seu coração.
Deixe-o bater,
Deixe-o amar.
Faz bem.
O que faz mal
É viver assim
Pesado,
Sufocado,
Cruel.
Permita-se sentir.
Não dói.
Só liberta.

por Lucia Andrade

Putrefação

Ver a morte
Nos faz ter certeza
De que somos nada.
Apenas um rostinho bonito
Que os vermes hão de comer.
Um corpo perfeito
Que há de apodrecer.
A roupa de grife
Que não se poderá levar.
Por sob a terra
Tudo é resto,
Carne morta
Que às vezes
Já estava morta
Antes mesmo
De morrer.

por Lucia Andrade

Para Vó Amélia.

Sem medo de ser feliz

Cheio de decisão
Você pediu um beijo
Meu.
Seguro de si
Pediu sem medo
De ser feliz.
Uma lembrança,
Na despedida
Para guardar
Na memória
Dos sentidos.
Eu,
Encantada,
Admirada
Com tamanha resolução,
Gostei,
Topei,
Beijei,
E amei, amei, amei.

por Lucia Andrade

Para Jefferson, o Jeffinho, para que a nossa louca história jamais seja esquecida.

sábado, 5 de março de 2011

Subversiva


Pensava nas bocas
Que ainda não beijara.
Nos corpos
Que não possuíra.
Nos rostos
Que não vira.
Nas paisagens
Que não contemplara.
Nos sorrisos
Que não dera.
Nos abraços
Que não sentira.
Nos amores
Que não vivera.
Nos ocasos
Que não assistira.
Nas luas
Que não olhara.
Nos vôos
Que não alçara.
Nos gritos
Que não soltara.
Não!
Ainda não era hora de partir.
Subverteria os anjos do Céu?
Subverteria os demônios do Inferno?
Ainda queria subverter
Os homens da Terra
E a si mesma.

Parte integrante do livro PALAVRAS AO VENTO
Biblioteca Nacional 461.076 Livro 867 Folha 274

Subversive

tradução de Douglas Bonavita

She thought about the mouths That didn´t
Kiss still
About the bodies
That didn´t possess
About the faces
That didn´t see
About the landscapes
That didn´t contemplate
About the smiles
That didn´t do
About the hugs
That didn´t feel
About the loves
That didn´t live
About the situations
That didn´t watch
About the moons
That didn´t look at
About the flies
That didn´t reach
About the screams
That didn´t do
No!
Still it isn´t the time to go.
Will she subvert the heaven´s angels?
Will she subvert the hell´s demons?
She still wants to subvert
The Earth´s men
And herself.

Oração de São Bento



ORAÇÃO DE SÃO BENTO
Santa Cruz do Santo Pai Bento
A Cruz Sagrada seja minha luz
Não seja o Dragão meu guia
Retira-te Satanás
Nunca me aconselhes coisas vãs
É mal o que tu me ofereces
Bebe tu mesmo do teu veneno

Em Latim
Crux Sancti Patris Benedicti
Crux Sacra Sit Mihi Lux
Non Draco Sit Mihi Dux
Vade Retro Satana
Nunquam Suade Mihi Vana
Sunt Mala Quae Libas
Ipse Venena Bibas

Agradecimentos a Douglas Bonavita

Jet Lu



Quando os médicos me disseram que eu estava entre a quimioterapia e a hemodiálise, o impacto inicial foi muito grande. Passei umas duas semanas meio deprimida e chorando. Depois, passado o choque inicial eu decidi deixar a minha marca. Comecei a desenhar nas paredes e comecei a grafitar. Minha casa é cheia de desenhos e Claudete, uma grande amiga, disse que eu era a mulher das cavernas porque eu desenhava a minha história nas paredes. Gostei e continuei. Ainda são desenhos rudimentares, sem técnica, mas que me libertam e passam as mensagens que quero deixar.