segunda-feira, 7 de março de 2011

Putrefação

Ver a morte
Nos faz ter certeza
De que somos nada.
Apenas um rostinho bonito
Que os vermes hão de comer.
Um corpo perfeito
Que há de apodrecer.
A roupa de grife
Que não se poderá levar.
Por sob a terra
Tudo é resto,
Carne morta
Que às vezes
Já estava morta
Antes mesmo
De morrer.

por Lucia Andrade

Para Vó Amélia.

Nenhum comentário: