segunda-feira, 31 de dezembro de 2012

CÓDIGO PENAL - ARTIGO 163 - DANO AO PATRIMÔNIO ALHEIO


Para que nossos amigos saibam: estamos sim, sofrendo tentativas de coação e até ameaças - com direito à tiros de pistola e destruição da câmera que estava dentro da nossa propriedade, às 02h 52min de ontem - por defender os animais e a reciclagem de materiais. O pessoal do PV de Itaboraí, os defensores dos animais da ANDA e meus amigos de Brasília, saibam que o Ministério Público já abriu investigação, mas se algo nos acontecer, as nossas suspeitas serão totalmente confirmadas e o dossiê com dados e imagens já foi compartilhado com as pessoas certas.

CAPÍTULO IV: DO DANO

Dano
Art. 163 - Destruir, inutilizar ou deteriorar coisa alheia:
Pena - detenção, de 1 (um) a 6 (seis) meses, ou multa.
Dano qualificado
Parágrafo único - Se o crime é cometido:
I - com violência à pessoa ou grave ameaça;
II - com emprego de substância inflamável ou explosiva, se o fato não constitui crime mais grave;
III - contra o patrimônio da União, Estado, Município, empresa concessionária de serviços públicos ou sociedade de economia mista;
IV - por motivo egoístico ou com prejuízo considerável para a vítima:
Pena - detenção, de 6 (seis) meses a 3 (três) anos, e multa, além da pena correspondente à violência.

sábado, 22 de dezembro de 2012

OFICINA DE IMPROVISAÇÃO E ROTEIRO NO NPD

Se alguém me perguntasse, quando criança, o que eu queria ser quando crescesse, a resposta seria: escritora e roteirista. Já escrevia romances e ganhava concursos na escola na adolescência e este ano, o sonho de escrever roteiros tornou-se realidade e, de certa forma, foi o empurrãozinho para que eu trancasse a faculdade. Os diálogos nos filmes sempre me fascinaram e agora já consigo entender como a coisa funciona, graças à Oficina de Improvisação e Roteiro que fiz no Núcleo de Produção Digital de Niterói. No final do curso, o pessoal fez esse vídeo de algumas aulas.

RESISTÊNCIA DOS VAGALUMES - AMV


No ano passado eu vivi uma experiência marcante com um grupo de cabeças pensantes chamado Associação Mangueira Vestibulares. Foi um período de enorme crescimento para mim, intelectual, social e artístico. Posso dizer que isso mudou minha vida. E quando Andre Werneck me disse que este documentário estava pronto, corri para achar no Youtube. Quando vi, na íntegra essa semana foi que descobri que eu também aparecia no documentário. Surpresa boa. Rever a galera me deixou com muitas saudades. Assistam porque vale a pena.


quinta-feira, 20 de dezembro de 2012

AS MIL MANEIRAS DE ENLOUQUECER UMA MULHER NA CAMA


Fiz uma crônica que fala sobre este livro. É uma história engraçada e real, afinal, eu sou a rainha das histórias. Vai ter historinha pra contar assim na Caixa Prego. Bom, vocês podem ler na íntegra no link abaixo, mas postei um pedacinho pra dar água na boca:

https://docs.google.com/open?id=0B7wphawC06GTYzFPN3VuVGwxN3c


"- O senhor tem 203 maneiras de enlouquecer uma mulher na cama? – O olhar lacônico dele deu-me a certeza de que ele ficara na dúvida por um milésimo de segundo. Da forma como a pergunta foi formulada, até eu fiquei na dúvida se aquilo não seria uma cantada.
Sem dizer sequer uma palavra, ele virou e se dirigiu aos fundos da loja, enquanto eu, sem saber muito bem o que fazer, vasculhava alguns títulos.
Após algum tempo ele voltou e parecendo meio sem graça falou:
- As 203 eu não tenho, mas tem esse aqui... – Ele estendeu a mão e me mostrou o livro 177 maneiras de enlouquecer uma mulher na cama."

O que aconteceu depois, só vocês lendo o resto pra saber.

Imagem extraída do Google.

quarta-feira, 19 de dezembro de 2012

RECADINHOS DE DEUS


"Que Deus esteja convosco. Ele está no meio de nós."



























Recebi esta mensagem de amig@s por e-mail. Achei muito linda e resolvi postar na íntegra como mensagem de Natal. Quem quiser ter a mensagem com a música na forma de apresentação de slides, para repassar @s amig@s basta acessar o link abaixo e fazer o download:

terça-feira, 18 de dezembro de 2012

UM CONTO PARA O FIM DO MUNDO


Bom, segundo o povo anda dizendo que os Maias disseram, o mundo acaba na próxima sexta-feira - tinha que ser na sexta, né...? Em homenagem ao fim do mundo - do jeito que a  coisa tá é melhor que acabe mesmo -, escrevi o conto O Último dia de João e Maria,  no qual a mocinha, toda certinha, chuta o balde quando descobre que o mundo vai acabar. Como esse conto tem 5 páginas, postei uma parte aqui, mas ele pode ser lido na íntegra no link:






"Na rua, Zezé levou as mãos à cabeça. Caminhou alheia ao que acontecia ao seu redor. Era o fim de tudo, tudo mesmo. Não haveria nem como recomeçar. Seus sonhos, tudo destruído.  Havia se dedicado integralmente a uma pessoa que jamais a amara. Agora tinha a certeza. Não era só o mundo que estava ruindo. A vida dela acabara de ruir totalmente. Zezé não conseguia mais segurar as lágrimas. Foi caminhando e chorando, sem rumo. Por que o mundo não acabava de uma vez, ali, agora? De que adiantava prolongar o sofrimento? Ela não teria filhos, não se casaria, e nem viveria um grande amor, ou pelo menos, um amor com quem a amasse de verdade. Sentou no chão e chorou mais ainda e o mundo não acabava. Gritou a plenos pulmões:
-        ACABA  LOGO, MUNDO! - Sentiu-se um pouco aliviada por ter gritado.
-        Ainda não deu tempo do asteróide chegar  – ela se virou na direção da voz.
            - Não me olha assim. É verdade, ele só vai chegar amanhã – Zezé reconheceu o rapaz. Ergueu-se e foi até ele.
-        Você não é o meu vizinho?
            - Eu mesmo – ele largou o pé-de-cabra e estendeu a mão para ela. - Johnny Crew ao seu dispor – Zezé apertou a mão dele.
-        Pelo que sei seu nome é João.
-        Johnny Crew é muito mais interessante do que João. E é o nome da minha crew.
-        Crew...?
            - É. Um grupo que sai por aí pra fazer grafite, tá ligada? - Zezé abriu a boca e fez cara de que havia entendido.
-        E o que você tá fazendo agora com esse pé-de-cabra?
            - Tentando arrombar a porta dessa loja. Já que o mundo vai acabar, eu vou pegar umas tintas e fazer com que ele fique mais colorido antes de acabar. E você, o que tava fazendo ali sentada? Tá com cara de que chorou – ele passou delicadamente o dedo indicador sob os olhos dela. Ela lembrava agora que tremia como gelatina quando passava perto do rapaz e que sempre quis saber se aquela boca linda beijava bem.
            - É. Acho que o meu mundo desmoronou de uma hora pra outra – ele percebeu a tristeza no olhar dela. Tentando alegrá-la, ele perguntou:"

Imagem extraída do Google.


domingo, 16 de dezembro de 2012

A MINHA VERSÃO PARA A MÚSICA DO ROBERTO CARLOS

Querid@s amig@s, de tanto ouvir a música do Roberto Carlos, eu já me irritei com o cara. Pra mim, ele já é insuportável, chato, grudento e eu fico com vontade de matar o cara da música. Meloso demais. Já foi o tempo em que mulher precisava ter homem do lado pra ficar feliz. Mulher pode e deve ser feliz sozinha ou acompanhada e não precisa ter alguém babando no cangote o tempo inteiro, como se ela não soubesse se virar sozinha. Alôôô...! Então, lá vai a minha versão toda delicadinha e especial.


ESSE CARA MORREU

(a minha versão para a música do Roberto Carlos)

O CARA QUE FICA SEMPRE NA SUA COLA
QUE MARCA EM CIMA SE VOCÊ DEMORA
QUE ESTÁ TODO O TEMPO FISCALIZANDO VOCÊ
QUE TE DÁ VONTADE ATÉ DE MORRER
NO MELHOR DO SEU SONO TE CHAMA
AÍ VOCÊ RECLAMA

AI, MEU DEUS, FEDEU

O PANACA SEGURA O MEU BRAÇO
E SE ACHA O DONO DO PEDAÇO
E IMPEDE QUALQUER UM QUE VIER
TÁ SEMPRE METENDO A COLHER
ELE MESMO JÁ É O PERIGO
NÃO TE DEIXA NEM TER AMIGO

AI, MEU DEUS, FEDEU

O CARA QUE QUER VOCÊ DE OUTRO JEITO
QUE DEPOIS DO AMOR AINDA BATE NO PEITO
E AINDA PERGUNTA: MEU BEM, GOSTOU?
É TÃO RAPIDINHO QUE TE CAUSA PAVOR
DE MANHÃ TER QUE OLHAR PRO INFELIZ
A SUA MENTE TE DIZ

ESSE CARA MORREU
E QUEM MATOU FUI EU

O MEU EGO É BEM MAIOR QUE VOCÊ
QUE TE FAZ INFELIZ TODA HORA
DESESPERADA E LOUCA AÍ VOCÊ CHORA
ESSE CARA MORREU
E QUEM MATOU FUI EU
O CARA QUE ME SUFOCA SORRINDO
QUE NEM ESPERA QUANDO EU AINDA TÔ VINDO
ME BEIJA MAL E QUER ME VER FELIZ
COM CARA DE DOIDO ME OLHA E ME DIZ
QUE SENTIU MINHA FALTA E RECLAMA
AINDA DIZ QUE ME AMA

ESSE GRUDE MORREU
E QUEM MATOU FUI EU

ESSE GRUDE MORREU
E QUEM MATOU FUI EU

Agora, a letra original da música para vocês verem que não ficou tão diferente assim... KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

O cara que pensa em você toda hora
Que conta os segundos se você demora
Que está todo o tempo querendo te ver
Porque já não sabe ficar sem você
E no meio da noite te chama
Pra dizer que te ama
Esse cara sou eu
O cara que pega você pelo braço
Esbarra em quem for que interrompa seus passos
Está do seu lado pro que der e vier
O herói esperado por toda mulher
Por você ele encara o perigo
Seu melhor amigo
Esse cara sou eu
O cara que ama você do seu jeito
Que depois do amor você se deita em seu peito
Te acaricia os cabelos, te fala de amor
Te fala outras coisas, te causa calor
De manhã você acorda feliz
Num sorriso que diz
Esse cara sou eu
Esse cara sou eu
Eu sou o cara certo pra você
Que te faz feliz e que te adora
Que enxuga seu pranto quando você chora
Esse cara sou eu
Esse cara sou eu
O cara que sempre te espera sorrindo
Que abre a porta do carro quando você vem vindo
Te beija na boca, te abraça feliz
Apaixonado te olha e te diz
Que sentiu sua falta e reclama
Ele te ama
Esse cara sou eu
Esse cara sou eu
Esse cara sou eu
Esse cara sou eu
fonte: letra.mus.br

sábado, 15 de dezembro de 2012

ROTEIRO O CANALHA

Mais um roteiro pronto e registrado, que agora eu posso divulgar. O link é esse aí:

https://docs.google.com/open?id=0B7wphawC06GTM0pOOFV1LUFqNmM

Fiz este roteiro em cima de um poema que acabou ficando famoso. Agora só falta virar um curta, mas isso já é outra estória. Quem sabe em 2013 rola?

GRAFITES DA LAPA

Passei dia desses pela Lapa, no Rio, e perto da Fundição Progresso vi esse grafite novinho.

Adoro grafites. Aí resolvi fotografar.

Mais adiante, achei esse na Mem de Sá. TRAVESTI NÃO É BAGUNÇA. Gostei.

Na volta, passei pela Riachuelo e tinha esse aí. Clic, clic...
Mas o celular proleta é o mesmo, fiel e inseparável.
Eu o batizei de Woodward em homenagem a Bob Woodward do caso Watergate.
Então, eu e o Woodward saímos por aí, fazendo furos de reportagens pra vocês.
KKKKK

BALANÇO GERAL: MATÉRIA SOBRE CRIMES CONTRA ANIMAIS

video


Baixamos este vídeo do Programa Balanço Geral que, mais uma vez, aborda o envenenamento e maus tratos de animais. As denúncias vem aumentando bastante e as pessoas estão perdendo o medo de denunciar. Não é só aqui em Marambaia que tem acontecido, mas a gente vai continuar colocando a boca no trombone e repassando as informações para a rede de amigos protetores dos animais. Veja no rodapé deste blog o site da Agência de Divulgação dos Direitos dos Animais e denuncie. MALTRATAR ANIMAIS É CRIME!

quinta-feira, 13 de dezembro de 2012

ROTEIRO O VIGGO MORTENSEN E EU

Galera, agora é oficial e devidamente registrado: o roteiro O VIGGO MORTENSEN E EU - UMA HISTÓRIA DE CINDERELA. O link é esse aí embaixo:

https://docs.google.com/file/d/0B7wphawC06GTQ1NSdEF6aXMxbG8/edit

Podem ir lá e divulgar pra quem quiser ler. Os outros três roteiros eu divulgo depois.

sexta-feira, 7 de dezembro de 2012

A MAIS LINDA TARTARUGA QUE EU JÁ VI

video

No ano passado fui ao Zoo do Rio pela milésima vez. O lugar tá cheio de problemas. Faltam muitos animais e os que tem parecem abandonados. Fomos em um feriadão, eu e meu filho e estava super lotado, com crianças se perdendo a toda hora. Os animais estavam visivelmente nervosos com o tumulto, mas esta tartaruga, encantou a todos. Fiquei fascinada. Assistam.

SAUDADES DA VISTA DO CHAPÉU MANGUEIRA


Dia desses, me lembrei de quando eu circulava nos morros da Babilônia e Chapéu Mangueira. Deu uma saudade danada. Bolinho de chuva da Dona América e aquela vista maravilhosa. O difícil era chegar lá no alto. Nem sei como eu conseguia. Mas valia a pena. O Leme todo lá embaixo.


Quando não tinha dinheiro pra kombi, tinha que subir à pé mesmo. E a subida começava antes daí. O Eli dizia que subir em ziguezague cansava menos. Pra mim cansava do mesmo jeito, mas eu subia. Meus amigos ajudavam.


Pessoal muito legal. O triste era ver a casa da senadora dando festa com carro pipa enquanto o resto do morro carregava lata d´água na cabeça. Dizer que mora no morro assim é fácil, né? Depois, invariavelmente, no fim da tarde, a gente seguia para o Parque Garota de Ipanema para assistir show de grátis. Depois do show, encerrar a noite vendo a pescaria e as ondas quebrando nas rochas da Praia do Diabo.


Tem anos que não vou lá, mas essa semana, bateu uma nostalgia daquele tempo bom que não volta mais. Lá eu fiz um pacto de amizade com meus três amigos à meia-noite.

Imagens extraídas do Google.

domingo, 2 de dezembro de 2012

AMO QUANDO DIZEM QUE TENHO CARÃO

Algumas pessoinhas andam falando por aí que eu tenho carão.
ADOOOOOOOOOOOOOOOOREI ISSO!
TENHO MESMO.

 PRA QUEM MERECE, TENHO MESMO.
E de propósito.
Não mostro as canjicas para qualquer um.
Repito: QUALQUER UM.
Só ganha meu sorriso quem pooooooodi.
Pro resto - resto -, eu faço igual ao Serginho:
"Bate, rebate... finge que bate...
FAZ CARÃÃOOOOOO!


Imagem do Serginho extraída do Google.

PARADOXO INSISTENTE: PRESIDENTA OU PRESIDENTE?

Saiba mais em:

http://paradoxoinsistente.blogspot.com.br/2012/12/presidenta-ou-presidente.html

PRESIDENTA OU PRESIDENTE?

Cansei. De tanto eu ouvir apresentador de TV, governador, deputado, senador e mais um montão de gente falar "presidenta Dilma", eu resolvi reproduzir aqui um texto do Boletim Informativo Nº 16 da Academia Luso-Brasileira de Letras, de setembro-outubro de 2010.


"Foi preciso o Brasil eleger uma Presidente para dirigir os destinos da Nação para o povo aprender que não se diz "temos uma presidenta".
Existe pedinte (do verbo pedir); ouvinte (de ouvir); falante (de falar); cantante (de cantar); ente (do verbo ser); crente (do verbo crer). São particípios ativos dos verbos que estão na raiz dessas palavras.
Quando dizemos que alguém tem uma capacidade ou desempenha habitualmente uma função, acrescentamos à raiz da palavra o sufixo: "ante", ou "ente" ou "inte", tanto em se tratando de homens quanto de mulheres. Assim é errado dizer-se: a estudanta, a cantanta, a pacienta; a crenta, a presidenta; a pedinta, a ouvinta, a dirigenta.
Concluindo: o Brasil tem uma Presidente."


A Academia Luso-Brasileira de Letras
fica na Rua Teixeira de Freitas, nº 5 / 3º andar
Lapa - Rio de Janeiro


Imagem extraída do Google

sexta-feira, 30 de novembro de 2012

FELIZ NIVER CARLOS LATUFF

Hoje é aniversário de um cara que eu amo de paixão.
E melhor que isso: de um dos três caras que eu admiro.
Só três  homens no mundo merecem o meu respeito e admiração.
Um deles se chama Carlos Latuff, que faz aniversário hoje.


Ano passado ele esteve com a gente, lá na Associação Mangueira Vestibulares e deu um show.
Tá fazendo 43 anos com cara de garotão, gostoso e sarado, mais consciente do que nunca.


Em homenagem ao dia de hoje e ao grande passo dado ontem - demorado, mas já é um começo - pela ONU, posto aqui esse belo trabalho do Latuff. E sim, meu amigo,
SOMOS TODOS PALESTINA.
TE AMO!

quinta-feira, 8 de novembro de 2012

ENVENENAMENTO DE ANIMAIS EM MARAMBAIA


CONFORME EU HAVIA PROMETIDO VIA FACEBOOK, SE A CRUELDADE COM OS ANIMAIS CONTINUASSE,  EU DIVULGARIA PARA TODO O MUNDO VER. AGORA NÃO VAI TER TRÉGUA. VOU POSTAR AS FOTOS E VÍDEOS PARA QUE O POVO SAIBA QUE NÃO É SÓ EM PET SHOP DA ZONA NORTE QUE FAZEM CRUELDADE COM ANIMAIS. ATENÇÃO ENTIDADES PROTETORAS DOS ANIMAIS, VEJAM ISTO!

video

NESTA MADRUGADA, UM SER REPUGNANTE, COLOCOU VENENO PARA ESTE POBRE ANIMAL, QUE ESTAVA PRESO EM SEU QUINTAL. DETALHE: NESTA CASA VIVEM DUAS CRIANÇAS PEQUENAS. A PESSOA - SE É QUE SE PODE CHAMAR ASSIM - SEQUER PENSOU QUE UMA DESTAS CRIANÇAS PODERIA PEGAR A CARNE COM CHUMBINHO E INGERIR. 

                                      video
O POBRE ANIMAL CONTINUA EVACUANDO SANGUE E SOFRENDO POR CONTA DA IRRACIONALIDADE DE ALGUÉM QUE DEVERIA SER O ANIMAL RACIONAL. NA SEMANA PASSADA, O MESMO ACONTECEU NA CASA DE UMA SENHORA DE 74 ANOS, PORÉM, AS CACHORRAS FORAM SOCORRIDAS À TEMPO.


ESTA GATINHA, INFELIZMENTE, NÃO TEVE A MESMA SORTE. 


EM UMA TARDE DE DOMINGO, UMA MENTE DOENTE A COLOCOU ASSIM, EM FRENTE AO PORTÃO DA MESMA SENHORA DE 74 ANOS CITADA ACIMA. TENTATIVA CLARA DE INTIMIDAÇÃO A UM IDOSO.


QUEM FAZ UMA COISA DESTAS COM UM BICHINHO INDEFESO TEM QUE PROCURAR TRATAMENTO PSICOLÓGICO URGENTEMENTE. 


E ESTES ANIMAIS NÃO FORAM OS ÚNICOS. VÁRIOS JÁ FORAM MORTOS E O CHUMBINHO CONTINUA CIRCULANDO NESTE PEDAÇO DA RUA 8 DO CONDOMÍNIO MARAMBAIA VILLE. PEÇO AOS QUASE 57.000 VISITANTES DO BLOG, QUE JÁ FOI VISTO EM MAIS DE 100 PAÍSES NOS 5 CONTINENTES QUE PASSEM ADIANTE PARA QUE TODOS SAIBAM QUE AQUI EXISTE UM SERIAL KILLER, CRUEL E DOENTE, QUE GASTA SEU TEMPO TENTANDO MATAR ANIMAIS INDEFESOS.

quinta-feira, 25 de outubro de 2012

A ESTRELA DE JEREMIAS EM E-BOOK


Depois  de  uma  longa  busca,  encontrei  um  lugar que tem tudo o que  eu  procurava.  Meu  livro  xodó, A ESTRELA DE JEREMIAS, vencedor do Prêmio Jorge Amado - UBE/RJ - 2009, está à venda, no formato E-Book, no site da Amazon.com, conforme link abaixo:


domingo, 21 de outubro de 2012

A ESTRELA DE JEREMIAS EM E-BOOK


Depois  de  uma  longa  busca,  encontrei  um  lugar que tem tudo o que  eu  procurava.  Meu  livro  xodó, A ESTRELA DE JEREMIAS, vencedor do Prêmio Jorge Amado - UBE/RJ - 2009, está à venda, no formato E-Book, no site da Amazon.com, conforme link abaixo:



domingo, 14 de outubro de 2012

A Banalização da violência na família e na escola


Um dia eu vi dois adolescentes jogando na casa de uma amiga minha e fiquei horrorizada. O tal jogo dava mais pontos para quem atirasse em um policial, roubasse e atropelasse quem estava nas ruas. E quem conseguisse fugir da polícia também era bonificado. Em que tipo de mundo estamos vivendo já que a moda agora é esquartejar, degolar? E o pior é que isso não choca mais as pessoas. Virou rotina, coisa normal. Muito em breve, o normal pode passar a ser visto como certo, quando não deveria ser. Nem tudo o que é normal está correto apenas porque acontece com frequência.
E nós, pais, acabamos permitindo que a violência tome conta das mentes de nossos filhos. A sociedade em geral tem feito isto. Quando a maioria das crianças de uma classe escolar, na faixa dos 9 e 10 anos escolhem um filme sangrento para ver, em detrimento de um outro, mais apropriado para a sua idade, algo está errado. Quando crianças levam para a escola filmes e jogos piratas, com a permissão dos pais, algo está errado. Quando educadores permitem que um filme carregado de violência seja exibido em sala de aula para crianças que ainda não deveriam estar vendo este tipo de filme, algo está errado. E quando os poucos pais que reclamam o direito de seu filho não vivenciar precocemente este tipo de violência, tentando mantê-lo preservado até quando estiver mais preparado para entender o que lhe for mostrado são vistos como os errados da estória, algo está, definitivamente e irremediavelmente, errado.
Nem a família, nem a escola estão cumprindo seu papel. E o papel da criança, que deveria ser apenas criança, sem ter sua infância golpeada por nossa negligência, está se perdendo junto com nosso bom senso. Nós adultos, estamos tratando nossas crianças como se fossem reflexos de nós. Meninas maquiadas e vestidas como mulheres. E meninos que xingam o tempo todo e que são obrigados a serem espertos. Estamos todos na moda... do fim do mundo. Aonde foi parar nossa sabedoria? Foi para isso que tivemos filhos, para transformá-los em bichos, ávidos por sangue? Ainda estou sem conseguir dormir direito, pensando no nosso triste futuro, e na frase que não consigo tirar da cabeça: “O filme não tinha nada demais, só sangue...”

quinta-feira, 20 de setembro de 2012

OS DOIS LADOS DA TÃO FALADA "PACIFICAÇÃO"


Algumas pessoas já haviam solicitado que eu falasse das Unidades de Polícia Pacificadora em um dos meus blogs, mas, confesso, não queria muito falar sobre isso, até por não conhecer a fundo o assunto e por ter amigos nessas comunidades. Porém, no ano passado, fui convidada a fazer parte da equipe da Carretinha da Saúde do Morhan e, para esse trabalho, eu teria que visitar todas as UPP. Começamos com uma atividade na UPP do Salgueiro. Depois vieram as visitas à UPP Formiga e Turano. Nessas três ocasiões tive a oportunidade de ver pessoalmente, que NÃO EXISTE PACIFICAÇÃO. Existe sim, uma tentativa de domínio pelo uso da força, o que, sabemos, dificilmente dará certo. Me senti entre Israel e Palestina. Cada um dos lados tem seus motivos para continuar resistindo.
Vi soldados empenhados em fazer o melhor possível, dia a dia, resistindo à resistência da comunidade. Chegamos na UPP Formiga em um dia sem água porque alguém interrompeu o fluxo da água. Me lembrei dos filmes de faroeste, com índio e mocinho, do Forte Apache, cercado, e os soldados resistindo bravamente. Pediram desculpas por não poderem oferecer água e café. Fomos muito bem tratados e ambos os lados estavam convictos de que estavam do lado certo. No meio disso, os líderes comunitários, tentando fazer uma ponte entre um lado e outro. E também acreditando piamente no que estavam defendendo. Mas aí eu senti um aperto no coração. Fiquei pensando o que aconteceria se o governo mudasse e o projeto das UPP fosse abandonado? A gente sabe, sai governo, entra governo, muda secretário, e o que aconteceria com aqueles que tentaram seguir a vida, intermediando os dois lados deste conflito? Fiquei com medo, por eles – já foram 3 policiais mortos e vários civis. Do outro lado, existe a comunidade que não quer ser dominada. E não é porque quer favorecer ao tráfico e não somente por medo deste. Vi que a comunidade quer ser livre, quer ter paz, mas não à força. O próprio termo polícia pacificadora me soa estranho. Arma e paz parecem coisas divergentes, incongruentes. Penso que a paz vem com igualdade social e isso ainda não existe, nem no Rio de Janeiro, nem no resto do Brasil. A sociedade brasileira ainda não alcançou esse patamar. Quem tem mais quer mais e quem tem pouco, tá ficando com nada. Existe uma nuvem carregada no ar. Dá pra sentir. Todos esperam, observam... e qualquer fagulha detona a bomba.
Antes mesmo de saber que eu faria um trabalho nas UPP, eu li, no ano passado uma entrevista no jornal O Globo, do Secretário José Mariano Beltrame. Confesso que gostei muito do que li – sei que muita gente vai cair matando por eu falar isso, mas é a minha opinião. Quando estive no Salgueiro, o Beltrame tava lá. Não resisti, precisava olhar nos olhos dele e saber se o que ele havia dito na entrevista era sincero. Fui até a Rita, esposa dele e ela me levou para falar diretamente com ele. Conversamos por alguns minutos e eu olhei dentro dos olhos dele e posso dizer, que a sinceridade que senti nele, não é a mesma que senti quando vi o governador Sérgio Cabral falando. Hoje, digo a vocês, que cada um dos lados aposta todas as suas fichas na causa que está defendendo, até às últimas consequências, mas somente o futuro dirá quem vencerá esta guerra.
Aproveito para deixar aqui meus agradecimentos ao Comandante Plínio Cesar, ao Sargento Frossard, ao Tenente Henrique, ao Capitão Beltran, e a todos os demais pela atenção dispensada, pelo empenho em colaborar com o trabalho da Carretinha da Saúde do Morhan, projeto do qual decidi sair por divergências internas.

sexta-feira, 3 de agosto de 2012

O NOME DELE É NEYMAR


O teatro está pronto,
Olhares ansiosos.
Voltam-se para aquele
Do cabelo arrepiado.
Tantos nomes lhe foram dados,
Mas qual seu nome mesmo?
Ainda não está gravado.
Do outro lado um goleiro,
De olhos atentos, calado.
De repente,
Lá vem ele,
Que para, compenetrado.
O passe sai perfeito,
Certinho na cabeça.
Um segundo e...
Tá lá!
O nome dele?
Neymar.
Agora uma falta,
Olha só quem vai cobrar.
Ele se posiciona,
O travessão treme,
O goleirão sente.
Mira na gaveta,
Tá lá!
E qual é o nome dele?
Neymar.
Toda a arena já viu
O cabelo arrepiado,
Sorrindo,
Imitando golfinho,
Bem alegre e ousado.
Lá vem ele driblando,
No estádio extasiado.
Passa um, puxa pro meio,
Olha de esguelha pro lado.
Deixou na boca do gol,
Com um toque de calcanhar.
Mais uma vez, tá lá!
O nome dele?
Agora sabem,
É NEYMAR!
por Lucia Andrade

segunda-feira, 16 de julho de 2012

EM HOMENAGEM AO DIA DO HOMEM


Um dia, um dos carinhas que eu tava querendo dar uma pegada, me disse, do alto de sua insegurança: "O que uma mulher como você vai querer de um cara como eu? Você já tem sua vida, sua casa, seu trabalho... faz o que quer e quando quer. Vai me usar e depois jogar fora..."
A bem da verdade ele estava certo e sabiamente, escolheu ficar com uma de 14 anos - ele tinha 19 e eu 40 -, que conseguia ser mais insegura do que ele e aí o relacionamento deu certo.
A meu ver todos os relacionamentos dão certo, sendo que, uns por um mês, outros por um ano, basta que você os interrompa enquanto ainda está valendo a pena, enquanto o tédio e a acomodação não tomaram conta de tudo.

domingo, 8 de julho de 2012

MENSAGEM - CAIXA DE TINTAS


Recebi esta mensagem em pps da minha irmã e amei, principalmente pelo colorido das imagens.
E a música posta na mensagem tem tudo a ver. Adorei e resolvi partilhar.
Infelizmente, não veio com o nome de quem criou a mensagem.