sexta-feira, 3 de agosto de 2012

O NOME DELE É NEYMAR


O teatro está pronto,
Olhares ansiosos.
Voltam-se para aquele
Do cabelo arrepiado.
Tantos nomes lhe foram dados,
Mas qual seu nome mesmo?
Ainda não está gravado.
Do outro lado um goleiro,
De olhos atentos, calado.
De repente,
Lá vem ele,
Que para, compenetrado.
O passe sai perfeito,
Certinho na cabeça.
Um segundo e...
Tá lá!
O nome dele?
Neymar.
Agora uma falta,
Olha só quem vai cobrar.
Ele se posiciona,
O travessão treme,
O goleirão sente.
Mira na gaveta,
Tá lá!
E qual é o nome dele?
Neymar.
Toda a arena já viu
O cabelo arrepiado,
Sorrindo,
Imitando golfinho,
Bem alegre e ousado.
Lá vem ele driblando,
No estádio extasiado.
Passa um, puxa pro meio,
Olha de esguelha pro lado.
Deixou na boca do gol,
Com um toque de calcanhar.
Mais uma vez, tá lá!
O nome dele?
Agora sabem,
É NEYMAR!
por Lucia Andrade

Nenhum comentário: