sexta-feira, 14 de março de 2014

MOVIMENTO PROLIST / MLS: TESTEMUNHO DE UM CORRETOR DE IMÓVEIS BRASILEIRO NOS EUA


Meu nome é Ricardo Pires. Vivi por 23 anos nos EUA onde descobri a profissão de corretor de imóveis ou Realtor agent, como é conhecida por lá. Depois de tanto tempo resolvi voltar para o Brasil e retomar minha vida aqui, agora com uma nova profissão. Ocorre que, apesar de desempenhar o mesmo papel que desempenhava nos EUA, aqui tudo é muito diferente. Tudo funciona de forma diferente. A desorganização e ausência de padronização aqui no Brasil são impressionantes para alguém que aprendeu a trabalhar num mercado onde tudo, absolutamente tudo, funciona de forma organizada e eficiente.
Para o corretor de imóveis que nunca operou nos EUA é até complicado de explicar como é mais fácil trabalhar naquele mercado. O acesso à informação e a forma clara como as coisas são tratadas, além da rapidez como tudo é resolvido deixaria de queixo caído a grande maioria de profissionais que todos os dias têm que “matar um leão” para levar seu sustento para casa e, apesar disso, não é visto como profissional por boa parte de seus clientes e pela população em geral. Só para termos ideia do que estou falando, quando trabalhei no exterior e o mercado estava aquecido, alguns imóveis eram vendidos em questão de horas, isso mesmo, horas! Hoje, ainda com a economia se recuperando, é difícil vermos um imóvel sendo ofertado por mais de 90 dias. Aqui no Brasil, quando todos diziam que o mercado estava aquecido, vender um imóvel em menos de 6 meses era motivo de festa!
Bem, você deve estar tentando achar uma razão para essa diferença e deve estar pensando: a cultura norte americana é muito diferente da nossa e, por isso, as coisas funcionam melhor por lá. Em parte eu até concordo, não há como negar que existem grandes diferenças culturais mas, por outro lado, estamos falando do país que é a referência do capitalismo mundial e tudo lá é pensado para dar o maior lucro possível. Com o mercado imobiliário não é diferente. Agora, se olharmos para os dois mercados e buscarmos uma diferença básica entre os dois, veremos uma ferramenta que é amplamente utilizada lá e que não é aqui, o MLS (Multiple Listing Service). O MLS propicia um ambiente onde todos os corretores atuam, de forma organizada e em parceria, onde todo o estoque de imóveis está exposto para todos os profissionais do mercado, propiciando uma velocidade incrível na busca por imóveis.
Assim que retornei ao Brasil e me dei conta disso, minha ideia obvia foi tentar criar um MLS, mas todos diziam que era impossível, que a cultura daqui não permitiria isso, entre outros absurdos. Além disso, as limitações tecnológicas que encontrei foram grandes, principalmente porque as empresas daqui não conheciam como funcionavam os sistemas MLS dos EUA. Fui tocando minha vida, sempre com a esperança de um dia poder trabalhar através de um MLS no meu país. Até que um dia descobri uma empresa que dizia trazer os conceitos e o sistema MLS nos mesmos moldes do que era utilizado no exterior e minha primeira reação foi de desconfiança, afinal, já havia visto tantas outras supostas plataformas MLS aqui no Brasil e que não passavam de portais de imóveis ou redes de profissionais, mas que não tinha a essência básica e as ferramentas de um MLS de verdade. Deixei a desconfiança de lado e fui ouvir o que os responsáveis por essa empresa tinham a dizer e lá encontrei um norte americano e um grupo de brasileiros realmente apaixonados, tanto quanto eu, pelo modelo MLS. Essa empresa era a Realest Tecnologia, criadora do PROLIST – o primeiro MLS brasileiro de verdade.
Após conhecer um pouco mais o PROLIST tive a certeza de que era aquilo, exatamente aquilo, que eu procurava e que me fazia lembrar do tempo que trabalhei no exterior. E tive a certeza de que tinha que fazer parte daquele projeto, custasse o que custasse! Hoje sou o diretor de vendas do PROLIST e, nessa condição, conhecendo o mercado norte americano e o brasileiro, me sinto no dever de convocar (não é um pedido, é uma convocação mesmo!), todos os profissionais corretores de imóveis e imobiliárias a apoiarem esse projeto. A aderirem e utilizarem a plataforma PROLIST/MLS, pois tenho certeza de que apenas com um ambiente MLS forte podemos mudar o status atual do mercado, a maneira como o corretor de imóveis é visto e aumentar os lucros de quem trabalha sério. Não prometemos mudar o mercado em um curto espaço de tempo, mas o primeiro passo já foi dado e os profissionais e empresas que entenderem isso e se engajarem nessa luta serão, sem dúvida nenhuma, os mais recompensados em um futuro próximo. Por hora, esperamos um aumento na rentabilidade dos profissionais que aderirem e apoiarem a inciativa aumentando sua rede através do PROLIST, mas estamos certos de que isso ainda não é nada comparado ao que ainda está por vir, dessa verdadeira revolução no mercado imobiliário brasileiro que o PROLIST, com seu apoio é capaz de realizar.

Por Ricardo Pires
Sales Director
Realest Tecnologia S.A.

Para saber mais:

Nenhum comentário: