quarta-feira, 30 de setembro de 2015

Caminhos tortuosos


Nem sempre o caminho certo
É o mais fácil.
Quase nunca é.
É difícil tomar as decisões corretas.
Ser correto é difícil.
Parece que você é o errado
Quando quer fazer o certo.
Geralmente é doloroso,
Quase sempre é,
Fazer o mais acertado.
Escolher não o meio certo,
Ou o meio errado,
Mas o correto,
De verdade.
Que nem sempre é o caminho reto,
Quase nunca é.
Geralmente o caminho tortuoso
É o correto.
E o reto,
É o errado.
Mas se você consegue,
Ao final da sua luta interna,
Seguir o melhor caminho,
O certo,
Continue por ele,
Persevere nele,
Acredite nele.
Na reta de chegada,
Quando olhar para trás,
Terá a certeza
De que fez
A escolha certa
Indo ao encontro de Deus.

Parte integrante do livro ARCO-ÍRIS SOBRE CINZA
Biblioteca Nacional 463.856 Livro 873 Folha 77

Nenhum comentário: