segunda-feira, 21 de setembro de 2015

PÃO NOSSO DE CADA DIA


O pão de cada dia
Não é o pão
De cada casa.
Não é o pão
Nosso.
É o meu pão,
O seu pão,
Pão do individualismo.
Egoísta e cru.
Não é o pão
Que sacia a fome.
É apenas pão.
Pão que se joga fora,
Que vai para o lixo,
O lixo que vira pão.

Parte integrante do livro ARCO-ÍRIS SOBRE CINZA
Biblioteca Nacional 463.856 Livro 873 Folha 77

Nenhum comentário: