domingo, 11 de outubro de 2015

Fanfiction Amorcito Corazón - Willy sem saída - parte 1


por Lucia Andrade

No capítulo 67 Jorge manda Ricky desfigurar o rosto de Willy. Ricky mentiu para Jorge, dizendo que fez o serviço, mas não teve coragem de fazê-lo. Em lugar disso, para se vingar do irmão, contou toda a verdade sobre o passado de Willy para Lucía que rompe com Willy. Algum tempo depois, já de posse do dinheiro para pagar Hortensia, Willy tem o pior dia de sua vida. E é nesse ponto que a nossa fics começa.




Lala chega em casa e vê Willy desesperado revirando a casa toda.Estranhando o comportamento, Lala pergunta:
- O que houve, Willy? Por que esse desespero todo? - Ele coloca as mãos na cabeça, com a aflição estampada em seu rosto.
- O dinheiro, Jefa… sumiu. Todo ele, sumiu… - perturbada, Lala corre para ver a latinha que havia deixado no forno. Willy cai pesado no sofá. Lala revira os armários. Não encontrando nada, volta pra sala.
- Mas estava lá ontem à noite. A gente ia depositar hoje no banco… - vendo o desânimo de Willy, ela sentou ao seu lado. - Não fica assim, - ela passou a mão nas costas dele tentando consolá-lo. Nesse momento, Ricky entra em casa. Willy levantou e foi até ele.
- Aonde você foi?! - Ricky, demonstrando surpresa, ergueu a mão com um saco de pão.
- Fui na padaria comprar pão pro café da manhã. - Willy sacode a cabeça.
- Você pegou o dinheiro da rifa?
- O dinheiro do transplante de Tuqueque? Claro que não! Você tá me acusando! Você levantou antes de todo mundo pra correr. Eu levantei depois e a Jefa estava aqui, ela viu.
- Mas ela saiu logo depois e você ficou. - Lala interrompeu Willy.
- Não, ele saiu comigo… Não pode acusar seu irmão - Willy olha para os dois. Completamente desnorteado, ele passa as mãos pelos cabelos e sai de casa. Encolhido em seu cantinho na quadra, como sempre fazia, quando os problemas ou a solidão tomavam conta dele, Willy sentia-se sufocar. Todo o esforço dele e da Tropa, tudo em vão. Teria que entregar seu carro e não se livraria de Hortensia. Queria sumir dali.
- Willy! Que passô? - Willy se encolheu ainda mais diante de Moncho. - Lala me procurou lá em casa, estava preocupada com você. Você e Ricky discutiram? - Willy olhou para Moncho.
- O que houve? Você tá chorando… Brigou com Lucía de novo?
- O dinheiro, Moncho… o dinheiro sumiu. - o rosto de Moncho transparecia toda a sua raiva.
- Você sabe quem foi, não sabe?! Só pode ter sido ele, Willy… Ricky, ninguém além dele teria feito isso.
- A Jefa disse que ele tava com ela, que não foi ele. Droga, Moncho, porque que tudo tá dando errado comigo? Maldita hora que eu desafiei Deus!
- Willy! Isso não tem nada a ver com Deus. Desde que Ricky voltou as coisas estão se complicando. Foi ele quem contou pra Lucía sobre suas andadas. E quem garante que ele não pegou o dinheiro de noite,  enquanto todos dormiam?
- Não, isso não. Eu vi de manhã, antes de sair para correr e o dinheiro estava lá. Eu peguei e troquei de lugar, escondi em outro canto, mesmo assim sumiu.
- Mas ele pode muito bem ter voltado depois de despistar Lala.
- O problema é Hortensia, Moncho. Eu tô ferrado. Eu vou ter que cumprir o trato que fiz com ela. Não tem mais pra onde correr… - Moncho se ergueu, revoltado.
- Não, não, não! Isso você não vai fazer! Larga ela pra lá… Ela não tem como te obrigar.
- Monchito, fui eu que pedi, por Tuqueque. Mal ou bem, se não fosse por ela, ele ainda estaria esperando o transplante. Eu dei a minha palavra… - Willy se levantou e passou as mãos pelo rosto. - Se pelo menos eu tivesse alguma esperança de que Lucía me perdoaria… - ele balançou a cabeça. Suspirou fundo.
- Não, Moncho. Agora não tem outra saída. - ele bateu levemente no ombro do amigo e deixou a quadra. Preocupado com o amigo, Moncho correu atrás dele.
- Willy, não vai fazer besteira. Ninguém pode te obrigar… - Willy sorriu para ele um sorriso forçado.
- Tá tudo bem, Moncho. Eu vou dar um jeito - dizendo isso ele saiu caminhando devagar.

3 comentários:

Cissa Samorano disse...

Mas tu tá à prova de bala hj hein miga? Agora eu quero continuação pelo amor, rsrss

Cissa Samorano disse...

Mas agora vai ter uma continuação melhor então? Ah! Tô bem curiosa, bjs

Lucia Andrade disse...

Vai ter. Eu decidi escrever pq fiquei pensando que rumo a estória tomaria se o plano de Jorge tivesse ido adiante e um outro ponto que eu mudaria seria a Lucía realmente lutar por Willy, o que eu acho que não aconteceu muito. Mas a minha visão é dramática, então, prepare-se.