sábado, 3 de outubro de 2015

Música e cor para o mundo

Teve um aniversário meu, em 2008, que o meu parceiro e cúmplice de todas as travessuras, do tipo que se eu dissesse vamos pular do penhasco, ele só perguntaria "de frente ou de costas?", me perguntou o que eu queria de presente de aniversário e eu disse que queria um gigantesco cartão de aniversário. Ele comprou um monte de tinta spray. O resultado foi uma crew improvisada. Até o meu filho grafitou e assim nasceu a minha assinatura no grafite, Jet Lu. Inesquecível aquele dia.


A música cortou o ar.
A cor pintou a nudez dos muros.
Música e cor para o mundo.
Um mundo mais rico,
Mais bonito,
Mais feliz.
Notas musicais em cores vivas.
Cores pintadas em forma de som.
Todos dançando na rua,
Cantando a vida em um só tom.
Casas aquareladas,
Sorrisos abertos,
A cor explode no muro,
O som ecoa no ar.
E o mundo não é mais o mesmo.
Música pra ouvir,
Tinta pra pintar,
Motivos pra sorrir,
Um novo mundo pra contemplar.

Parte integrante do livro ARCO-ÍRIS SOBRE CINZA
Biblioteca Nacional 463.856 Livro 873 Folha 77

Nenhum comentário: